Natural que eu esteja aqui

  Leia ouvindo: Fundo - Phill Veras.     Não adianta gritar alto tuas reticências com intenção de me afugentar. Sou teimosa, coração. Sou do tipo que se esborracha inteira primeiro e depois aprende a fazer curativos para as próprias dores depois. Conto os meus calos sem expor os meus cortes.  Sorte a minha, medo [...]

Anúncios

Você não me ensinou a te esquecer

Esquecer significa fazer com que (alguma coisa) saia da lembrança (própria ou alheia) ou pôr em esquecimento; desprezar; omitir. Esquecer também é doer por tanto já ter se doado, é querer cicatrizar com uma mudança de foco: o esquecimento. Caetano canta uma música dolorosamente linda da qual eu retirei o titulo do texto. Na verdade, [...]

Vida que segue

Mês passado fiz 25. Vinte-e-cinco. Falando assim, ecoa. Escrevendo assim, estou garantindo que você me entendeu, caso, claro, você seja eu e saiba a minha angústia. Mas mês passado também escrevi do meu orgulho de 25. Do quanto to melhorzinha aqui nessa idade escrota. Do quanto tudo tá muito sensacional e eu passo rindo à [...]

Aos 25, Nova e Melhorada!

Agosto é o mês mais amargo, frio, longo e de precária vida financeira que eu conheço. Ô, moço. Mas agosto também é o mês que os meus primeiros vinte e cinco anos no mundo ganha vida. Digo, largada. Sejamos francos, envelhecer é melhorar. Envelhecer em agosto é melhorar o dobro de vezes. Talvez seja somente [...]