Se não faz bem, não faz falta

  Por: Dr. Flávio Gikovate Pessoas mais maduras, mais tolerantes a frustrações, não só não acusam os outros por suas falhas como também se "perdoam" mais rapidamente. Um bom sinal de maturidade consiste em não suportar aquelas dores das quais a pessoa pode se livrar. Aqui sim, tolerar demais é passividade! Afora circunstâncias excepcionais, uma pessoa [...]

Estar sozinho, é acompanhar-se de si mesmo.

Por: Dr. Flávio Gikovate Se uma pessoa, depois de vivências sentimentais frustrantes, opta por passar um tempo só, pode acontecer dela gostar muito dessa condição. Ao rompermos um relacionamento, mesmo que ruim, sentimos um vazio, como se nos faltasse um "pedaço": é curioso que nos sintamos incompletos! Com o passar do tempo, muitas das pessoas que [...]