Aqui e Agora

Não é por que você chegou aqui e chutou pra longe o meu medo introspectivo de me envolver com alguém tão munido de boas armas pra me bombardear com momentos quase que insubstituíveis. Das noites que passei te desenhando num futuro tosco e sem sentindo. Como fosse você um futuro meu, o qual eu poderia … Continue lendo Aqui e Agora

Anúncios

O importante na vida é quem você ama e quem você fere

No mundo existem uma multidão de almas altamente formidáveis prontinhas pra nos levarem aos céus em qualquer cama impessoal ou sentimental desse mundo. Você é você. Alegre. Triste. Bravo. Maluco. Solitário. Independente. Sociável. Apático. É você, da forma que for. Você é dor no peito. É partida de quem sempre amou grandão. É rir feliz. … Continue lendo O importante na vida é quem você ama e quem você fere

Cala a boca, eu sou sensível

Texto inspirado na canção Hum-Phill Veras. Ó. Veja bem. Não me tira da minha distração. Não estou supondo que superei essa coisa doida que a gente jurou fazer acontecer. Não estou esperando a sua chegada agora. Preciso que fuja hoje também. Preciso que desapareça a nossa decisão de futuro e beijo intenso. Ó. Eu tenho … Continue lendo Cala a boca, eu sou sensível

Você não me ensinou a te esquecer

Esquecer significa fazer com que (alguma coisa) saia da lembrança (própria ou alheia) ou pôr em esquecimento; desprezar; omitir. Esquecer também é doer por tanto já ter se doado, é querer cicatrizar com uma mudança de foco: o esquecimento. Caetano canta uma música dolorosamente linda da qual eu retirei o titulo do texto. Na verdade, … Continue lendo Você não me ensinou a te esquecer

Por essa vez, eu não vou ficar!

Se formos levar em conta, na pontinha da caneta mesmo: todos os amores são iguais, exceto aqueles que não nos deixam seguir em frente com o sorriso nervoso de primeira chance. E amores diferentes quase nunca são confiáveis e são exatamente por esses tipinhos banais que me deixo levar. Olha só para você. Todo inteiro, … Continue lendo Por essa vez, eu não vou ficar!