Vai lá e Acredita!

Gente boa, é gente que não tem medo de acreditar. Chega logo dando o braço a torcer, com a retornável cara de logo logo vai passar. E tudo bem. Gosto desse tipo. Não fazem caretas, não criam expectativas em outrem, não espera milagres, não se acomoda com o normal assim tão fácil. É gente que … Continue lendo Vai lá e Acredita!

Anúncios

Mas como você pode quase amar uma pessoa?

Um dia, conversando com um amigo, eu falei pra ele sobre um cara que eu havia quase amado. Mas como você pode quase amar uma pessoa? Questionou o meu amigo. E se eu lembro bem, o cara, era daqueles com nuances de bom samaritano, era inteligente, engraçado, não era propriamente lindo, mas conquistava qualquer coração … Continue lendo Mas como você pode quase amar uma pessoa?

Ninguém escapa o peso de viver assim

Pra ser realista gosto mais desse estado indolor sentimental do que da própria paixão. O que você chamaria de hipocrisia da minha parte, eu sei. Passei anos da minha vida tentando entender o que se passa na cabeça das pessoas em relação a mim. Fiz tanta coisa pra parecer imponente aos olhos de quem nunca … Continue lendo Ninguém escapa o peso de viver assim

Pelo amor de Mark Zuckerberg

Nos últimos tempos anda sobrando opinião no mundo e anda faltando ouvidos para ouvir tanta reclamação vindas de bocas capazes de denegrir a própria imagem, diga-se de passagem. No mundo onde há divergências politicas, religiosas e culturais, o conservadorismo entra em cena. Você sabe do que eu estou falando, aquele moralismo lá dos tempos dos … Continue lendo Pelo amor de Mark Zuckerberg

Liberdade na vida, é ter um amor pra se prender – pra se perder

Comecei a escrever sobre o amor desde que era apenas um feto, no útero da minha mãe. Não que eu seja o tipo perfeito de “romântica estereotipada”, eu sou normal. Nunca atravessei o mundo pra ir atrás de alguém por mais que as minhas emoções ganhasse vida própria e fizesse as minhas malas por mim. … Continue lendo Liberdade na vida, é ter um amor pra se prender – pra se perder